Google+ Followers

Google+ Badge

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Folclore


A palavra Folclore, segundo o dicionário significa conjunto das tradições, conhecimentos ou crenças populares expressas em provérbios, contos ou canções. ( veja mais no Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, Editora Nova Fronteira)
Folclore é tudo que simboliza os hábitos do povo, que foram conservados através do tempo, como conhecimento passado de geração em geração, por meio de lendas, canções, mitos, hábitos (incluindo comidas e festas) , utensílios, brincadeiras, enfeites.
Para conhecermos a história de um povo, de um país ou de uma região do país é importante que conheçamos a sua cultura, suas tradições, ou seja o seu folclore. O folclore é também uma forma de manifestação cultural dos povos.























Atividade Silábico Alfabético


Nível Silábico-Alfabético



Ocorre, então a transição da hipótese silábica para a alfabética. O conflito que se estabeleceu entre uma exigência interna da própria criança (o número mínimo de grafias) e a realidade das formas que o meio lhe oferece, faz com que ela procure soluções.








Atividade Nível Silábico

Nível Silábico

Nesta fase surge a tentativa de dar um valor sonoro a cada uma das letras que compõe uma escrita. O nível silábico caracteriza-se, portanto, pelos aspectos que se seguem:


-Conflito com a exigência da quantidade mínima de letras;
-Na escrita de palavras tem a preocupação de não repetir letras;
-Quando silábico convicto, usa para cada som que emite, uma letra. Não há sobras;
-Pode ou não conhecer o valor sonoro convencional das letras e saber utilizá-las;
-Pode misturar letra com número na escrita de palavras, apesar de diferenciá-las;
-Lê apontando para cada letra;
-Leitura silábica










ATIVIDADES PARA DISLÉXICOS

A complexidade do entendimento do que é Dislexia, está diretamente vinculada ao entendimento do ser humano: de quem somos; do que é Memória e Pensamento- Pensamento e Linguagem; de como aprendemos e do por quê podemos encontrar facilidades até geniais, mescladas de dificuldades até básicas em nosso processo individual de aprendizado. O maior problema para assimilarmos esta realidade está no conceito arcaico de que: "quem é bom, é bom em tudo"; isto é, a pessoa, porque inteligente, tem que saber tudo e ser habilidosa em tudo o que faz. Posição equivocada que Howard Gardner aprofundou com excepcional mestria, em suas pesquisas e estudos registrados, especialmente, em sua obra Inteligências Múltiplas. Insight que ele transformou em pesquisa cientificamente comprovada, que o alçou à posição de um dos maiores educadores de todos os tempos.